Psicomotricidade

A Associação Brasileira de Psicomotricidade define a Psicomotricidade como “uma ciência que tem como objetivo, o estudo do homem através do seu corpo em movimento, em relação ao seu mundo interno e externo, bem como suas possibilidades de perceber, atuar, agir com o outro, com os objetos e consigo mesmo.”
A psicomotricidade contribui para a formação e estruturação do esquema corporal. Através da prática do movimento, as atividades corporais, como os jogos e as brincadeiras, e sua expressão simbólica ela atua sobre a globalidade da criança com o objetivo de aumentar a sua capacidade de interação com o meio. Facilita a conquista da autonomia afetiva e intelectual da criança possibilitando a descoberta de novas formas de aprender.
Uma criança cujo esquema corporal é mal constituído com uma má organização espacial ou temporal tem dificuldades em matemática e confusão na ordenação dos elementos de uma sílaba. Seus movimentos, suas habilidades manuais, a caligrafia e a leitura expressiva são comprometidos.
Na escola Convívio existe um espaço de liberdade para os jogos e as brincadeiras onde a criança pode manifestar seus conflitos e vivenciá-los simbolicamente evitando assim o surgimento de distúrbios emocionais, motores e de comunicação.

Transformar a escola é quem sabe, a longo prazo, transformar a sociedade–André Lapierre