Quem somos

Quem Somos
Fundada em 2002, a escola Convívio é uma Instituição comprometida com a educação integral e de qualidade.
A motivação maior para se construir nossa escola foi a possibilidade de uma proposta da psicologia dentro da escola capaz de se movimentar na interseção entre a pedagogia. A psicologia se preocupando com o sujeito deste processo e a pedagogia se preocupando com o processo de ensino deste sujeito.
Nossa responsabilidade e nosso compromisso é refletir sobre a educação e fazer uma análise da realidade concreta das crianças que queremos ajudar, educar, e antes de tudo, amar e respeitar, reconhecendo a importância da educação nos primeiros anos de vida em relação ao desenvolvimento cognitivo/lingüístico, sócio/emocional, psicomotor e na formação da personalidade.
A escola Convívio possui vocação educacional e formativa, porque sabemos que é preciso ir muito além do bom ensinamento dos conteúdos curriculares; sobretudo, o nosso compromisso é com educação integral, proporcionando às nossas crianças o melhor na formação de princípios e valores com o desenvolvimento da ética, da cidadania, da responsabilidade social, da consciência ambiental.
As mudanças do mundo e da vida nos direciona para receber um cidadão diferente, oferecendo-lhe um espaço de possibilidades para sua formação, estimulando a criatividade, a curiosidade, a capacidade de resolver conflitos e lidar com certezas e incertezas; reconhecendo os deveres e direitos de cada um, respeitando o bem público e privado; valorizando e aceitando as diferenças; educando-se pela solidariedade, responsabilidade, reciprocidade, tolerância e reconhecimento.

Missão
Oferecer uma educação com base nos pressupostos sócio-interacionistas e nos princípios éticos, estéticos e políticos, considerando o desenvolvimento psicomotor, cognitivo e afetivo da criança, respeitando as suas diferenças e as suas igualdades de direitos como ser capaz de aprender.
Visão
Construir uma escola inclusiva que considere a criança “um ser total, completo e indivisível” merecedor de todo o nosso respeito e acolhimento no sentido de preservar seus direitos: sem exclusão devido a gênero, religião, sexo, etnia e identidade sócio-cultural, construindo assim uma escola democrática, comprometida com a criação de um novo homem e uma nova sociedade.